Globonews prevê complicações para Maggi e destaca bloqueio de bens em MT

O canal Globonews, que opera em sinal fechado, trouxe na noite de hoje uma rápida reportagem sobre a decisão da Justiça de Mato Grosso que bloqueou em R$ 4 milhões os bens e contas do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), e outros sete réus. A decisão do juiz Luis Bertolucci Júnior ainda determinou o afastamento imediato do cargo do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Sérgio Ricardo de Almeida, pela suspeita de que teria pago R$ 8 milhões na vaga que era ocupada por Alencar Soares até 2012.

A jornalista Leilane Neubarth, que apresenta o telejornal “Edição das 6”, anunciou a matéria dizendo que “agora você vai entender porque podem vir complicações para o ministro da Agricultura”. Ela cita que o grupo teria usado dinheiro público desviado através de empresas e factorings para garantir a vaga no TCE para o ex-deputado Sérgio Ricardo.

O telejornal leu uma nota de Blairo Maggi se defendendo das acusações. Ele reafirmou estar surpreso com a decisão, já que o Supremo Tribunal Federal havia arquivado uma investigação contra ele na “Operação Ararath”.

Já Sérgio Ricardo também declarou supresa. Ele lembrou que um pedido semelhante de afastamento já havia sido negada pela juíza Célia Regina Vidoti e o Tribunal de Justiça há dois anos.

Além de Maggi, Alencar Soares e Sérgio Ricardo, outras cinco pessoas são réus na ação por participação no esquema. São o ex-deputado estadual José Geraldo Riva; ex-conselheiro Humberto Bosaipo; ex-governador Silval Barbosa; empresário Gércio Marcelino Mendonça; Leandro Soares e o ex-secretário Éder de Moraes Dias.

Leave a Reply

(*) Required, Your email will not be published